2010 adivinha-se um ano em grande.

O prémio para a maior “danielada” de 2010 encontra já um sério concorrente. O post de Daniel Oliveira sobre as mulheres de branco consegue juntar em apenas três parágrafos uma enxorrada inacreditável de lugares comuns e afirmações sobre a heroicidade da própria pessoa que parece que alguém teve a juntar frases publicitárias de filmes de Hollywood ou diálogos do avatar para construir o dito post.

“Sou de esquerda porque estou sempre, estarei sempre, do lado dos oprimidos contra todas as formas de repressão.”

“Porque a rua é do povo e ninguém é seu dono.”

“Sim, faço escolhas. Sim, tenho um lado. E nesse lado sabe-se que os opressores têm o cheiro inconfundível da cobardia.”
Na minha formação politica nunca houve qualquer simpatia especial por Cuba donde não é o apoio do Daniel às mulheres de branco que me aquece ou arrefece. Acuso apenas a espécie que me fez ver o telejornal espanhol a descrever a manifestação de hoje em Cuba como se fosse um caso flagrantissimo de violência policial quando não foram nem uma nem duas as vezes que vi gente a perder olhos ou a ficar com braços ou pernas partidas em manifestações em Barcelona sem que tal fosse assim descrito. Aliás nem pelo Daniel.
P.S. Já agora Daniel, peço que nos descreva o que é que torna tão inconfundível o cheiro da cobardia.
P.P.S. Acho que é de começar a juntar concorrentes para a Vidalada 2010. “Dêem-lhe bifes, sff” é uma séria proposta.

About these ads

5 thoughts on “2010 adivinha-se um ano em grande.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s