O Ministro-Sinistro

sanches.jpg
Li no Público:
«Quem negou a existência de qualquer carga policial foi o ministro da Administração Interna, Daniel Sanches, que disse desconhecer que tivesse sido usado algum gás paralizante pelos agentes da autoridade. “Não houve nenhuma carga policial, houve apenas uma contenção da polícia com um gradeamento à entrada dos estudantes no Senado universitário”, disse, citado pela Lusa.
Como “único acontecimento mais grave” em Coimbra, destacou a detenção de um estudante devido a “uma agressão a um polícia”. “É a primeira vez que estou a ouvir falar em gás, não tinha ouvido falar em tal coisa”»

Anúncios