Post de Verão


Farto de trabalhar
farto de passar os dias rodeado de ignorantes
farto de sorrir hipocritamente
farto de apertar porcas fordianamente
farto de envelhecer por meia dúzia de tostões
farto de aturar cascas grossas, bêbados, arrogantes e outros clientes
farto das dores nas costas
farto das dores nos pés
farto das dores de barriga
farto de ser obrigado
farto de achar que isto tem de ser tudo assim
farto de pagar do meu bolso as minhas falhas
farto de ver outros subir nas minhas costas
farto de ganhar mal
farto de fazer o que não quero
farto de desperdiçar capital cultural
farto de ser agredido
farto da futilidade
farto do barulho dos outros