Festa em Kabul


Um militar portugês morreu no Afeganistão.
Diz quem o conheceu que era um verdadeiro comando.
Diz quem não o conheceu que um bom comando é um comando morto.
O país está de luto. Aproveito para me associar às comemorações de Kabul. Respiro um pouco melhor cada vez que um exército ocupante sofre uma baixa.

Anúncios

43 thoughts on “Festa em Kabul

  1. Este teu texto poderia bem ser do Bush. É exactamente igual aos que ele ou os aios dele fazem quando morre um afegão ou um iraquiano: “Há danos colaterais, mas estamos contentes, porque o Iraque/Afeganistão é agora muito mais seguro”
    Estar contra a invasão ilegal e a participação de Portugal nas tropas da guerra não pode significar descer ao nível do Bush.

  2. um soldado morto não é um dano colateral. Como é que propunhas defender o teu país de uma ocupação militar sem haver qualquer perspectiva do ponto de vista do apoio internacional?

  3. Eu sei que um soldado não é um dano colateral. Mas a vossa conversa, à parte esse detalhe, era “copy-paste” de qualquer discurso do Bush. Lamento, mas é a verdade. Estes soldados, como vocês bem sabem, foram “comprados” a troco de alguns soldos para complementar os salários (que não sendo de miséria, não são coisa que se apresente). Foram quase todos porque lhes prometeram uma missão de Paz e dinheiro.
    Isso não os desculpa, nem lhes dá razão. Certo. Agora festejar a morte de uma pessoa, seja quem fôr, também não salva país nenhum de qualquer invasão. Além de que, quanto sei, está por ver se foi a Resistência ou um movimento terrorista qualquer.
    Uma coisa é um exército de Resistência que luta pela libertação, e em princípio mata em luta e não numa emboscada, outra muito diferente é um terrorista que mata por matar, ou por negociatas de petróleos, drogas, armas e afins.

  4. Sim,sim.Mata-me mas nao esperes que te mate.A pergunta do Operation Wolf faz todo o sentido. Ser contra nao implica o direito á defesa por parte dos ocupados?Alguém que me explique.
    Oh Ricardo estive em Bolonha e conheci o Brigante. O Mundo é pequeno.

  5. Por aqui, os filhos da puta como tu, não morrem tanto como desejável, até especulam na hipótese da morte fazer greve, mas o cheiro a podre é já indisfarçável.

  6. Qual é o nexo lógico entre ser contra a guerra e a favor dos nossos rapazes? Ou só somos contra o “imperialismo humanitário” dos outros? O extraordinário é ainda só ter morrido um, deviam morrer muitos mais para as almas torturadas com a morte dos nossos rapazes apertarem os tomates ao sócrates. E depois só lá está quem quer, não me venham com merdas. Isto já faz lembrar o choradinho das polícias quando morre um agente em serviço, até parece que não faz parte do trabalho.

  7. Chorar a morte de alguém é um gesto simplemente humano. Existe uma diferença entre detestar George Bush e desejar a sua morte. Não desejo aos outros aquilo que não quero para mim. Desculpem-me por não partilhar a vossa alegria.

  8. Dar a outra face pois claro. Ai o Renegade disse o que era importante, os gajos que la estao sao mercenarios que nao exitam quando tem de puxar o gatilho a favor de uma causa que nao lhes diz nada.É uma questao de dinheiro e o “Império” tem muito dinheiro para contratar mais mercenários.É verdade que até nos podemos compadecer de alguns dos soldados americanos porque também sao vitimas da prepotencia e da selvajaria social americana mas este nem é o caso porque o senhor sargento nao é americano, foi para lá ganhar muito bom dinheiro e foi porque lhe apeteceu.E apeteceu-lhe ir para a guerra ganhar dinheiro a matar gente, que é o que se faz na guerra, teve azar e morreu…agora que lhe fača bom proveito o dinheiro.

  9. correndo o risco de cair no lirismo utópico, para mim não faz sentido nem a ocupação nem a resistência armadas… e como tal acho absolutamente dispensável a perda de vidas que podiam dar um contributo muito maior do que andarem-se a preocupar em matar uns aos outros, daí não me associar aos festejos de ninguém. isso não é anarquismo, nem capitalismo, nem comunismo, ou socialismo é pura e simples realidade… partilhada por alguns, feita por poucos, mas nem partilhada, nem feita por mim.

  10. Eu cá também respiraria melhor se o Rick Dangerous morresse numa demolição de uma casa ocupada. Sim, porque todas as pessoas que nos incomodam deviam morrer, obviamente.

  11. Mentes brilhantes!!!!!!!pelo que li, não só sabem do que falam, mas tb não interessa, quando escreveram estavam com intestino grosso ligado ao cerebro.

  12. Es um verdadeiro borrado! es o tipo k se esconde em cima da cadeira quando ve um rato e vens pra net falar d homens! n passas de uma pepita no meio d um pastel d merda! suicida-te e um favor k fazes ao sexo masculino

  13. Rezem para k um dia n tenham k ser esses mercenarios a dar a vida pela vossa existencia insignificante! um dia heroi outro dia criminoso tristes mentes..

  14. é pena kando falamos do ke nao sabemos…Nenhum portugues vai para fora para matar, se vai ai as mentes iluminadas ke me digam quantos já mata-mos em dez ano? pois nenhum, ser calha é porke nao é essa a nossa missao…dinheiro, sim ganha-se algum, nao o suficiente para por a nossa vida em risco. somos dos mais pobres ke lá estamos, fomos para missao de paz, ou pelo menos é isso ke dizem, e se nao é será ke alguem informou os rapazes ke para lá vao?…nao sabem nao é::::

  15. vao para guerra e vejam os dois lados dela…. mata-se e morre-se seja qual for a razao de quem vai para a guerra nao é so pelo dinheiro… é por uma razao superior e deixem que vos diga os nossos militares que foram para o kosovo,afghenistao e iraque nao foram para la de chapéu á cowboy como os rangers americanos e nem a gritar yeehaaaw quando abatem um inimigo , foram de cara séria e sem pensar nas consequencias e no risco de morrer porque se fossem pensar nesses riscos ficavam sentadinhos em a casa a ver a querra pelo telejornal como nós… e digo-vos tenho bastantes amigos na vida militar e sei pela expressao de alguns que ja tiveram missoes fora que sem la estarem nao fazem a minima das ideias do que aquilo é…rezem para que nunca num dia de passeio ou ao ver as montras que nunca apareça nunhum terrorista como acontece por esse mundo fora e que vos faça refens… porque depois num vai ser a maezinha a salvar-vos…

  16. pois e como gajos e maricas komo voces que so sabem criticar o trabalho dos outros ………de~em graças a deus um dia nao virem a precisar de um de nos……orgulho me de haver gente como nos……ah ja agora nao falem do que nao sabem …

  17. era so pra dar um abraço aos meus camaradas que estiveram la no terreno independentemente da sua tropa…E pros meus irmaos e familia COMANDO um grito bem grande MAMA SUMAE….

  18. Chamar-te atrasado mental, seria uma afronta para quem infelizmente compadece de tal problema…
    Para te classificar não há palavras.
    Claro que só podes ser um irresponsável, apátrida, sem familia. Ou não tecerias tais comentários. De certeza que um complexado, com vários recalcamentos de vária ordem.
    É a única forma para compreender tais comentários.
    Tenho o maior respeito perante quem perdeu a sua vida, assim como à sua família, porque é um meu campatriota (meu irmão).
    Tu, mesmo apesar de estares vivo és um ninguém.

  19. Este Sr foi Homem coisa que não és e jamais serás.INFORMA-TE porque quem invadiu o Afeganistão não foram os Portugueses, apenas foram em missão de paz, espero que nunca precises de NÓS.

  20. Este Sr foi Homem coisa que não és e jamais serás.INFORMA-TE porque quem invadiu o Afeganistão não foram os Portugueses, apenas foram em missão de paz, espero que nunca precises de NÓS.

  21. Espero bem k tu nao sejas PORTUGUES. Se es entao espero k te RETIREM a nacionalidade Portuguesa (kero la saber se depois fikas sem nenhuma nacionalidade) e k te mandem para o Iraque ou Afeganistao para te juntares aos teus camaradas terroristas tipo Al-Qaeda, Talibas, etc. E espero que leves uma boa tareia de soldados ocidentais (pena que nao levaras de nenhum Comando pois os Comandos ja nao estao no Afeganistao e o contingente Portugues actualmente no Afeganistao nao sai da base militar).

  22. Deves ser tão “dangerous” como a puta que te pariu, pois se os tivesses no sítio irias pessoalmente ao Centro de tropas Comandos que fica na Carregueira e aproveitavas para fazer os teus festejos com todos os que estiveram com o 1ºSargento Roma Pereira no Afeganistão. Pelo menos ele deu a cara e a vida para que parasitas como tu ainda estejam vivos. Pois como diz o ditado “Há dias que te observo, pareces perturbado”. Porque não te juntas aos Talibans no Afeganistão, para que te dê aquilo que mereces “A MORTE”.

  23. sim, és tão “dangerous” que falas pelas costas, mas dar a cara já não é contigo. Gostava que falasses assim cara a cara com os camaradas que estiveram com o Sarg. Roma Pereira na sua morte, ou então com aqueles que andam na Serra a dignificar a boina que ele usou. Junta-te aos taliban…pode ser que nos encontremos lá um dia…mas só me irás ver quando estiveres perto da morte. A morte somos nós, Mama Sumé Mama Sumé Mama Sumé!!

  24. Os COMANDOS nao morrem reagrupam-se no inferno, e esperam pelos infieis que festejam a sua morte, espero um dia estar lá a tua espera, amanho-te de alto a baixo.
    Mama Sumé.
    Andamos tao longe em missoes de paz, Haviamos era de estar aqui a amanhar quem goza quando um COMANDO deixa este mundo. Isto tradus-se por inveja de quem chega tao longe como nós.
    Mama Sumé Mama Sumé Mama Sumé Mama Sumé Mama Sumé
    Bem Hjam todos os que estao PRONTOS PARA O SACRIFICIO.

  25. Não sou, nem nunca fui COMANDO , mas devo dizer-lhe que a forma como escreveu é digna de um traidor à Pátria e aos seus valores . Sim! Eu sou MILITAR e tenho ORGULHO na FARDA que visto ao invés do Sr. que nada mais é do que a ESCÓRIA da sociedade , e que agora manda umas ”goelas”, mas se calhar se sentisse o cú apertado numa situação de guerra vinha a correr pedir a ajuda de tantos MILITARES como o 1ºSAR ROMA PEREIRA que HONROU o seu JURAMENTO ao dar a vida pela Pátria numa missão de MANUTENÇÃO DE PAZ e acabando faço minhas as palavras de um velhinho de 1986 ao qual eu ajudava à festa de amanhá-lo .

  26. Não sou, nem nunca fui COMANDO , mas devo dizer-lhe que a forma como escreveu é digna de um traidor à Pátria e aos seus valores . Sim! Eu sou MILITAR e tenho ORGULHO na FARDA que visto ao invés do Sr. que nada mais é do que a ESCÓRIA da sociedade , e que agora manda umas ”goelas”, mas se calhar se sentisse o cú apertado numa situação de guerra vinha a correr pedir a ajuda de tantos MILITARES como o 1ºSAR ROMA PEREIRA que HONROU o seu JURAMENTO ao dar a vida pela Pátria numa missão de MANUTENÇÃO DE PAZ e acabando faço minhas as palavras de um velhinho de 1986 ao qual eu ajudava à festa de amanhá-lo .

  27. eu ca festejava era a tua morte, porque acredita que se te meter as maos em cima mato.te … foi pena nao seres tu, porque nao se perdia grande merda, enquanto se perdeu um grande homem

  28. Fui militar mas não comando e respeito as missões no exterior das nossas forças… Lamento o comentário inadequado…Como é possível? As palavras proferidas são tão graves que é de facto melhor não comentar mais nada…

  29. Fui militar mas não comando e respeito as missões no exterior das nossas forças… Lamento o comentário inadequado…Como é possível? As palavras proferidas são tão graves que é de facto melhor não comentar mais nada…

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s