Made in Mossad

José Manuel Fernandes faz a cobertura da situação no Médio Oriente, a convite do Ministério dos Negócios Estrangeiros Israelita.
Hoje no Público, entrevista com uma judia ortodoxa da costa leste dos EUA que foi viver para um colonato constantemente atacado por rockest cassam.
Ontem no Público, entrevista com um general israelita na reserva cujo filho morreu.
Os funcionários do MNE israelita que traduzem isto tudo para português devem estar a fazer horas extra.
Aqui temos um jornalismo que não corre o risco de ser acusado de «relativismo cultural». Que escolhe criteriosamente de que lado estar. Que distingue os bons dos maus e não tem medo de o dizer.
140 mortos no Líbano não lhe tiram o sono. O Ministério dos Negócios Estrangeiros de Israel pode pagar bons comprimidos para dormir.

Anúncios

2 thoughts on “Made in Mossad

  1. Gostei – hoje – da fotografia da “Criança Israelita ferida a chorar”. Uma bela foto e fica sempre bem… Claro que não tão forte como a daquele Palestiniano, que defende com o seu próprio corpo, o seu filho das balas dos soldados israelitas, mas para os tempos que correm, em que a outra parte só tem cassetes de vídeo com discurssos inflamados e foguetes semi-artesanais, já foi muito bom arranjar aquilo.
    Gosto também de o Público escrever sempre que está a viajar a convite do Governo de Israel. É escandaloso, mas não deixa de ser transparência. (e lata!)

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s