Momento Ecclesia no Spectrum

Amigos, amigas,
Temos recebido muito hate mail na caixa de correio do spectrum por nunca falarmos de actualidade religiosa e sermos um bocado avessos à religião em geral (e em particular ao catolicismo romano). Para apaziguar a maledicência e lançar as sementes da concórdia decidimos publicar, neste domingo de Santa Tecla, uma pequena história sobre Santa Marta que é, à sua maneira, uma lição sobre a concórdia entre os povos e as religiões, um exemplo de moral sexual e uma reflexão sobre a protecção das espécies ameaçadas (vede mais abaixo o que aconteceu ao dragão). Uma pequena história tanto mais importante quanto vivemos, todos o sabeis, em tempos de confusão quanto aos verdadeiros valores da fé. Tivessem hoje os guerreiros de cristo as mesmas armas que os seus irmãos dispunham no tempo dos milagres e mais fino andaria o mundo.


“O milagre de Santa Marta – Lenda de Tarascon”

A lenda conta que após a morte de Jesus, Marta e seus irmãos, Maria e Lázaro, foram banidos de Judeia por ocasião da primeira perseguição. Não podiam os judeus sofrer a presença de Lázaro, porque era um testemunho vivo da divindade daquele a quem tinham dado a morte; não ousando todavia tirar-lhe a vida com receio de que lhe fosse restituído uma segunda vez para vergonha sua, lembraram-se de meter toda aquela família numa barca sem mastros, sem leme e sem velas.
É de antiga e respeitável tradição, que parece estar autorizada pela igreja, que Santa Marta anunciara a fé de Jesus Cristo em Marselha, Aix, Avinhão e em toda a Provença; e que por toda a parte efectuara muitas conversões.
Conta-se, explicando aos povos de Avinhão as verdades da nossa religião Cristã, um mancebo que estava da banda de além do Ródano, desejava com paixão ouvir Marta; tentou pois atravessar o rio a nado, mas tendo sido arrastado pela rapidez das águas, fora submergido. Deram notícia à santa desta desgraça, e esta dizendo a uns pescadores que tirassem para fora o cadáver, depois de uma breve oração restituiu-o à vida.

Fez grande ruído este milagre. Os habitantes de Tarascon e as povoações vizinhas vieram então pedir o socorro da santa contra um dragão que fazia enormes estragos. Como Marta não tinha outro fim do que a glória de Jesus Cristo e a salvação das almas, reconheceu que um milagre causaria a satisfação sobre aqueles pagãos. Embrenhou-se por um bosque vizinho e achou o dragão que estava a devorar um homem. Fez o sinal da cruz, aspergiu-o com algumas gotas de água benta, atou-o com o seu próprio cinto e trouxe-o à cidade, como se fora um manso cordeiro. Atónito o povo acudia a presenciar esta maravilha, e, depois de terem morto o dragão a pau e à pedrada, lançaram-se todos aos pés da santa, pedindo-lhe que os não abandonasse.

A Santa Marta permaneceu nesse lugar, tendo criado uma comunidade de donzelas convertidas e que quiseram acompanha-la. Refere-se que edificaram nesse sítio um mosteiro, onde como esposas de Jesus Cristo viviam à maneira de anjos debaixo da direcção daquela que fora hospedeira e discípula do Senhor.
Todos os anos os habitantes de Tarascon organizam uma grande festa em honra de Santa Marta, protectora da sua cidade, no dia 29 de Julho.

Uma das grandes tradições e devoções, por ocasião da festa da nossa Padroeira, é ver perto de mil pessoas vestidas de preto, descalças e com velas de promessa não mãos a acompanhar a procissão. Todos os anos este número vem a aumentar, tendo em 2006 ultrapassado as oito centenas de devotos. Este ano foram adquiridas mais 150 velas que foram benzidas na manhã do dia 29 de Julho.
*Um bem haja à Comissão de Festas de Santa Marta de Portuzelo e ao pároco Valdemiro Barreiros Domingues por nos terem indirecta e anonimamente facultado este importante pedaço da nossa história colectiva.

Anúncios

3 thoughts on “Momento Ecclesia no Spectrum

  1. é que sempre tive uma comichão por nunca me terem deixado andar na catequese. estou a recuperar o tempo perdido.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s