Quem não devia consumir Cánabis?


Num post aqui em baixo falou-se da legalização da canábis e debateu-se muito sobre se faz bem ou faz mal e sobre se o movimento do legalize não anda a ocultar que fumar erva também não é a melhor coisa que se pode fazer pela saúde… (“Come antes uma peça de fruta, jovem”)
Pois trago-vos uma novidade: a MGM Lisboa publicou no seu site um artigo de um médico pró-legalização, que colabora regularmente com a revista cânhamo, e que diz “Quem não devia fumar Cánabis”
Pessoalmente acho que ele exagera com a história dos estudantes. Se afecta a memória de curto prazo, seria mais correcto dizer que os estudantes em periodo de exames não devem fumar canábis… Para além disso, felizmente, nem todos os cursos são como o de medicina, em que é preciso decorar uma catrefada de sintomas, partes do corpo, procedimentos, etc, etc.

“Eles até sabem o que é o Externo-Cleido-Mastoideu!”

13 thoughts on “Quem não devia consumir Cánabis?

  1. Camarada, pessoalmente também sou a favor da legalização. Mas há que ter cuidado com os argumentos.
    Quando se fala em “afectar a memória a curto-prazo” não se quer dizer que afecta a memória, a curto-prazo. Significa que afecta aquela valência da memória humana a que se chama Memória a Curto Prazo (MCP), que podemos encarar como a Área de Transferência do Windows, ou seja, aquela ferramenta que nos permite, por exemplo, decorar um número de telefone até termos onde o apontar. Contudo, estes danos, são mais ou menos permanentes. Não há acordo sobre se são definitivos ou se esbatem após o término do consumo.

  2. saboteur,
    ainda não li o artigo e devo dizer que, apesar de parecer preconceituoso, não ligo muito a revistas de género, eu é mais fumá-las mesmo ;) até porque como já li algumas revistas dessas de outros países sei que grande parte delas são um monte de publicidade a lojas relacionadas com o consumo da dita cuja misturadas com artigos, ou seja, aquilo é feito e pago por quem gosta que nós gastemos dinheiro num bongo novo (por falar nisso até curtia ter um novo), mas depois de ler logo falaremos da revista em questão
    de qq das formas, algumas notas:
    -eu fumo há alguns anos
    -eu acho que não é preciso ir a um médico para saber que fumar ganzas faz mal. fumar em si já faz mal, fumar ganzas ainda nos faz pior.
    -é verdade que para quem leva uma vida saudável e fuma uma ganza por semana, provavelmente não sentirá nunca os efeitos nocivos. mas quantas pessoas conheces que tenham este comportamento?uma ou duas?
    de maneira que, nós fumamos porque gostamos. esta evidência, infelizmente, nunca será o mínimo denominador comum de qualquer movimento pró-legalização. por exemplo, com a descriminalização das drogas ditas “leves” (que ainda hoje não sei o que são), a “luta” foi marcada não na base do “eu faço o que eu quero desde que não incomode ninguém” (e mesmo isto é relativo, o movimento contra os carros no passeio incomoda pessoas, apenas diz que o faz legitimamente por “representar” todos os outros cidadãos mobilizados à pata) mas sim na base do “tanta criminalidade e os polícias atrás dos putos da ganza”, “tanta prisão com más condições e sobrelotada e mandamos pra lá pessoas que não merecem”, “há países onde isto reduziu o consumo” (esta é especialmente boa, já que o objectivo parece transformar-se de pró-legalização para pró-sociedade com menos ganzas)
    espero que me faça entender neste ponto simples, eu acho que faz mal, eu acho que faz tanto mal que devemos fumar com alguma moderação porque senão mais dia menos dia nem uma ao fim de semana podemos fumar, e acima de tudo, acho que tenho o direito a fazer coisas que me fazem muito mal só porque gosto.
    não gosto da estratégia, odeio mesmo, de vir buscar argumentos falsos em busca de uma “vitória” (quem leva a bicicleta aqui? eu já fumo sem que ninguém me chateie, e por ser legal não vou poder passar a comprar sem que ninguém me chateie, que é o problema actual)
    lembro que a campanha pro-IVG se centrou muito na coitadinha que ia ao vão de escada, será que se se acabarem os abortos de vão de escada a malta vai querer voltar a criminalizar o aborto?é no que dá essas “estratégias”…

  3. Eu não fumo porros há uns 5 anos e deixar de os fumar foi a melhor ideia que já tive. Concordo totalmente com o chuckie egg e mais depressa gostava de ver legalizados os carros em cima do passeio do que essa cena estupidificante.

  4. A estratégia é atacar em todas as frentes. Se conseguirmos como na california que a erva seja legal para uso medicinal, já é uma grande vitória. Se o consumo fôr permitido por razões religiosas, deixarei crescer rastas. No entanto, eu ainda poderei ser preso por ter as minhas canas em casa, para o meu consumo próprio e para os meus amigos. Seria despedido, perderia a casa que estou a pagar ao banco e passaria uns bons anos na cadeia. Não sei se aguentaria e se não preferia meter um tiro nos cornos.
    Isso é uma grande injustiça e sempre pensei que aqui no spectrum o pessoal tivesse contra as injustiças, não é?

  5. Os estudantes só precisam de se lembrar daquilo que aprendem na época de exames. Genial! A mediocridade lusitana no seu melhor.

  6. …muito a correr: grande parte destas questões são agravadas para quem começa o consumo muito cedo (antes dos 15). Isto é particularmente verdade, ao que sei, para os efeitos psiquiátricos (psicose, esquizofrenia, adicção funcional, etc)

  7. “eu acho que não é preciso ir a um médico para saber que fumar ganzas faz mal. fumar em si já faz mal, fumar ganzas ainda nos faz pior.”
    isso não é bem assim… uma erva de qualidade não te faz nem de perto nem de longe tão mal como um cigarro

  8. desculpa mas sou do old school, não fumo em cachimbos, fumo sempre com tabaco
    mas já agora, como é que sabes isso?

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s