Mobilidade Pedonal em debate

debate[1].JPG
O Movimento Passeio Livre, que se celebrizou por andar a colar autocolantes nos carros estacionados em cima do passeio, vai realizar um debate no âmbito das eleições autárquicas.
Nestas eleições, muito se vai falar de mobilidade. Desde as bicicletas aos túneis, passando pelos transportes públicos, que por acaso, nesta cidade, estranhamente, são tutela do Governo Central em vez de serem do município.
Mas quem fala das avenidas que se parecem cada vez mais com auto-estradas? De praças em que para se atravesar de um lado ao outro, como a do Marquês de Pombal, no coração de Lisboa, são precisos quase 10 minutos? Da dificuldade em andar com um carrinho de bébé pelo passeio?
A cidade, nos últimos 50 anos, tem sido pensada e desenhada para os carros.
Uma cidade mais amigável para as pessoas, com menos carros, com menos poluição, menos velocidade, é o desejo de um número cada vez maior de cidadãos. Essa “novidade” ainda não chegou (pelo menos com força suficiente) aos programas dos partidos políticos. Assim, este debate, para além de ser uma opurtunidade de ouvir prespectivas e propostas dos candidatos, é uma opurtunidade para eles ouvirem o que os peões têm a dizer.

8 thoughts on “Mobilidade Pedonal em debate

  1. Afinal, o “Zé faz falta” lá foi parar ao PS…e tu que dizias que eu fazia futurologia e que era do pc de certeza com esta conversa…e ESPANTO, não é que tu também apoais a lista do PS?? Isto há cada coisa que nem um futurologista prestigiado como eu consigo andivinhar

  2. EUREKA!
    o bertinoti é uma granda sarna, o faustino é uma granda sarna….o bertinoti é o faustino!!!

  3. Por tudo aquilo que dizes, Saboteur, acho fundamental que se tenha este tipo de debates.
    A ideia das cidades livres de carros e das medidas que em sua defesa são adiantadas, indo ao encontro de um projecto urbano com o qual genericamente me identifico, levanta-me, contudo, certas questões.
    Por exemplo, a fixação de portagens para entrar de carro nos centros urbanos ou a disseminação de parquímetros e de outros espaços de estacionamento pagos, meios que têm sido utilizados para dissuadir as pessoas de se deslocarem de automóvel pela cidade, não me parece que sejam solução. Pelo menos, não nos termos em que têm sido aplicados. Acontece aí o que acontece com os impostos sobre o consumo: são cegos quanto a quem os paga.

  4. Bertinoti: Eu nunca disse que eras do PCP. A malta do PCP conheço eu bem de mais para a confundir contigo (se bem que na verdade coisas como o blog “anti-troll urbano” seriam impensaveis no meu tempo e agora…).
    Visto que já percebi que te agrada essa posição de relativa superioridade de tu saberes quem eu sou e eu não saber quem tu és, massajo-te um pouco mais o ego, pois afinal de contas és um leitor assíduo do nosso blog: Tenho uma teoria sobre a tua filiação política. Desde o início penso em ti como um tipo da Ruptura/FER.
    Quanto a dizeres que eu apoio o PS, acho que lhes estás a fazer um favor em divulgar essa tese. Um gajo com o prestígio do Saboteur a apoiar o Costa… Já não basta o Boaventura Sousa Santos, o Camané, o Sérgio Godinho e o Saramago!??

  5. Fechamos finalmente os convidados
    * Nunes da Silva, professor catedrático do IST, especialista em mobilidade e que ocupa o 8º lugar à Câmara na candidatura “Unir Lisboa / PS”
    * António Carlos Monteiro, Deputado à AR pelo CDS-PP no distrito de Lisboa, foi Presidente da EMEL entre 2002 e 2005 e foi ainda Vereador da CML com o pelouro do Transito e do Espaço Público. Ocupa o 4º lugar na candidatura à Câmara pela lista “Lisboa com Sentido”
    * Carlos Moura, Engenheiro do Ambiente, Ex-Dirigente da Quercus e 4º candidato à Câmara pelas listas da CDU
    * Heitor de Sousa, Economista na Carris, Deputado Municipal em Lisboa e recém eleito Deputado à AR pelo BE no distrito de Leiria. É o nº2 à lista da Assembleia Municipal pelo BE
    A moderação do debate estará a cargo do jornalista José Vitor Malheiros.

  6. “EUREKA!
    o bertinoti é uma granda sarna, o faustino é uma granda sarna….o bertinoti é o faustino!!!”
    Imbecilidade lógica. Generalização apressada. Sempre os mesmos erros …
    “O meu cão tem 4 patas, o meu gato tem 4 patas… O meu cão é o meu gato.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s