Apresentados os projectos vencedores na votação do Orçamento Participativo de 2010

Foram ontem revelados os projectos vencedores no Orçamento Participativo de Lisboa.
Alguns camaradas resmungam que é tudo uma operação de propaganda de António Costa. Têm intuitivamente razão: O Orçamento Participativo é um bom instrumento para ganhar votos. Precisamente porque o Orçamento Participativo é uma boa ideia.
Porém, para a oposição de esquerda em Lisboa, ignorar o OP ou fazer críticas trapalhonas que depois ninguém acompanha, é a pior das estratégias. A tarefa deveria ser precisamente a contrária: promover e valorizar o OP. Dinamizar o debate e a participação, acompanhar, nomeadamente com os movimentos sociais informais que se mobilizaram para o OP, todo o processo e propor melhoramentos concretos indo à luta por eles.

11 thoughts on “Apresentados os projectos vencedores na votação do Orçamento Participativo de 2010

  1. Foda-se, trabalhar para o Costa e cia.
    Não há por aí um bocadinho de vergonha na cara?
    Noutro sítio?
    E o blogue, é uma espécie de espaço de acerto de contas?
    À borla?
    O spectrum, que até tem piada, não ganha nada?

  2. Claro: Uma percentagem das adjudicações sem concurso publico à mota-engil-do-dr-jorge-coelho são para nós.
    Isso não invalida que OP de Lisboa seja uma boa política para a cidade.

  3. São as opções caceteiras dos camaradas. Só há realidade transformadora desde que eles possam comandar as rédeas do processo, sem partilhas.
    E pronto, lá ganhou o projecto da prisão para animais. É um povo muito pio, o de Lisboa.

  4. O que vale é que esse projecto foi baratinho e os outros entraram também, até prefazer os 5 milhões de euros. Foram 12 ao todo. Alguns interessantes, outros um pouco duvidosos…
    Apesar de ter crescido muito o nº de votantes (cerca de 5 mil nesta edção), este processo continua ultra vulnerável por serem tão poucos os votantes.
    Quanto a dizerem mal de mim, já sei do que a casa gasta. Todos aqueles que dizem livremente o que pensam estão sujeitos à furia dos autoritários. Os que ficam caladinhos, não costumam ter inimigos e chegam mais longe.

  5. Não achas que já chegaste longe o suficiente Saboteur? Bem, mas se continuares caladinho em relação à política neoliberal do PS e amestradinho, és capaz de chegar ainda mais longe. Go, Saboteur, go!

  6. Esquerda necessária: E tu o que dizes sobre a política neo-liberal do PS? Que eu veja a tua acção e as tuas energias são gastas no ataque a quem ouse – como se vê – defender o orçamento participativo ou o voto em Manuel Alegre para derrotar Cavaco e levar à Presidência uma pessoa um pouco mais decente. É caso para perguntar: esquerda necessária a quem?

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s