A memória é fodida, com uma vénia à Ana Matos Pires

Anonimato.jpg
Felizmente há quem tenha boa memória. O mesmo “jornalista” que bufou o nome do blogger do jumento, já antes se tinha congratulado com o facto de as autoridades norte-americanas não terem fornecido os dados necessários à identificação do mesmo. Continuo com dúvidas sobre quem é o jumento nesta história. E acho que preferia identificar-me já do que um dia servir para vender jornais.

Anúncios

24 thoughts on “A memória é fodida, com uma vénia à Ana Matos Pires

  1. tenho a felicidade de nunca ter sido nem do pc nem do bloco, não faz ideia de quem eu sou…mas capaz disso era ele…

  2. Olá. Peço desculpa pela intromissão, mas é apenas para anunciar que o blogue 2+2=5 regressou após cerca de 1 ano de hibernação.
    Obrigado e cumprimentos

  3. que engraçado Nuno. Pois eu li nos comentários do 5dias (post 27 fev) que insistes em responder ao saboteur pelo seu nome próprio.

  4. Tem graça, isso é ser bufo? Não me digas que a identidade dele é um segredo? Vai catar-te. Chamar bufo a alguém é uma acusação grave. As pessoas deviam pesar o que escrevem. Sobretudo não confundir nicks com inimputabilidade.

  5. Tem graça, isso é ser bufo? Não me digas que a identidade dele é um segredo? Uma espécie de identidade secreta do Homem Aranha que é disputada pelos maus para o castigarem? Chamar bufo a alguém é uma acusação grave.

  6. vai-te habituando Nuno. Tal como tomaste a opção de usar o teu nome na net, há quem não o queira fazer. Eu vou-me catando enquanto “peso o que escrevo”. Mas tu podias começar por pensar no que escreves antes de chamares filho da puta a alguém (que não eu, nota bem).

  7. Agradecia que ninguém se metesse nas minhas questões com o Nuno…
    [mas este post afinal tem a ver com isso?? Diz-me que não, Chuckie. Bem, ou vocês estão a ficar cada vez mais rebuscados e “torcidinhos” ou eu estou cada vez mais burro.]
    [inimputabilidade? Eu apenas me defendo de uma acusação de “conivência com o Governo” (que também acho grave) baseada em coisas que não escrevi mas que deveria ter escrito. Quem ler o comentário acima sem saber o contexto poderá pensar que eu ando, por detrás de um nick name a chamar nomes a outros. Não é nem nunca foi o caso. É só para escalrecer]

  8. ó imbecil da ópera,
    Não tenho nada que ver com a vossa decisão de arranjar uns nics, para mim está tudo bem.
    Discuto politica com o saboteur, as vezes que me apetecer e lhe apetecer a ele.
    Era o que faltava que vocês me tratassem pelo nome, discutissem o que fiz politicamente, quem sou, etc.. e eu não vos respondesse pelo nome.
    A escolha de nicks é vossa, não tenho nada que ver com isso. Fora isso, vão chamar bufos aos tipos da vossa laia. Acho que há uma discussão interessante sobre a diferença entre os nicks e os nomes de guerra. Quando se escolhe um nome de guerra, como faziam muitas vezes os comunistas e anarquistas de outras épocas, toda a gente assume o que diz, todos os outros sabem quem fala e sabem que essa pessoa assume a responsabilidade das suas afirmações. Aparentemente, quando determinadas pessoas escolhem um nick parece que querem ser irresponsáveis perante as afirmações que fazem e os insultos que proferem.
    Estas duas opções não são iguais. A primeira opção é aceitável, embora já não se use. A segunda é uma cena de adolescentes retardados. Durante muito tempo, pensei que tinham escolhido a primeira opção, agora tenho dúvidas.

  9. De notar que nada indica que o “opera bufa” escreva no spectrum, donde esse vocês pode ou não estar bastante mal aplicado.
    De resto a identidade de quem escreve no spectrum não é segredo, existem algumas pessoas que serão desconhecidas ao millieu da esquerda por não terem passado pelos espaços de agregação comuns a muita gente.
    A discutir porém a importância que é dada a por uma identidade oficial por detrás de uma postura, se por um lado é óbvia por uma questão de seriedade do discurso por outro também é reflexo de uma necessidade de controlo por parte desse mesmo millieu algo incestuoso, caracteristico de grupos informais mas pequenos suficientes para que toda a gente se conheça e que se gere uma falsa paz e um falso respeito algo podres.

  10. Então Nuno?
    Não me lembro de teres sido tão peremptório quando o teu co-blogger tontinho me chamou bufo por uma alusão bastante contida acerca das suas ocupações profissionais em Angola. Contingências das convivências…
    Quanto ao resto, parece-me que se passas tanto tempo nas caixas de comentários do spectrum, já te terás dado conta de quão inconveniente pode ser a divulgação das identidades de quem cá escreve. Pensa lá bem.

  11. Ricardo,
    Antes de mais nada, desculpa o atraso da resposta, tenho-me poupado a cá vir. Se bem te lembras, condenei nas nossas discussões internas as tuas referências ao trabalho do Renato, como contestei as referências ao antigo trabalho do Bernardino. Farás a justiça de te lembrar que sempre tentei diminuir os conflitos no 5 dias e nunca pretendi a vossa saída. Não podia infelizmente, na fase final, estar permanentemente a comentar os vossos insultos cruzados, não faria mais nada na vida.
    Admira-me que neste quadro aches normal que me chamem bufo e queiras que, ao contrário que tu justamente fizeste, eu não reaja. É preciso que o espírito de grupo não nos faça cegar.

  12. Mas precisamente, falar do trabalho de alguém não é ser bufo e na altura não te ocorreu dizê-lo, apesar do termo ter sido repetido várias vezes.
    Já a revelação pública da identidade de quem te revelou em privado que escrevia com um pseudónimo parece-me altamente questionável. Mas tu saberás.

  13. a Ana Matos Pires abusou de mim quando eu estava internada…
    cheia de medicamentos aquela vaca vai mas pagar
    eu não sou lésbica!!!

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s