O vácuo


Interrogávamos-nos acerca de qual seria a «danieladaoliveirada 2010» e eis que ela chega de onde menos se esperaria. Numa exemplar gestão do timing político, o jovem pré-candidato presidencial Renato Teixeira brinda-nos com uma máxima que a história se encarregará de recordar: «Em política não há vácuo. O espaço que uns não ocupam é imediatamente ocupado por outros.»
Esclarecidas as diferenças entre a política e um lote de café Sical, fica-nos a denúncia da incongruência de bué pessoal (quase todo) que não foi à concentração de Domingo. Deixemos de lado este imaginário beto que acha que Benfica ou Chelas ficam nos subúrbios. Ou o piscar de olhos aos cristãos evangélicos, que tem a vantagem de unificar todas as seitas numa só (sonho molhado de qualquer morenista consequente).
O que me atrai é o raciocínio tortuoso que não considera sequer a possibilidade de existirem boas razões para não ter ido a Benfica. Eu, por exemplo, estava a trabalhar. Estou certo que o Renato respeitará esta necessidade de passar uma tarde de domingo a teclar no computador, ele que já se viu forçado a emigrar para ganhar o pão e sabe o que custa fazer pela vida. Só tenho pena de receber um pouco menos pelo meu trabalho, mas também não sou tão qualificado para certas tarefas.
Por outro lado, esta denúncia de quem divulgou a concentração e depois não foi lá tem um aspecto engraçado. É que há já alguns meses que leio posts no 5Dias a anunciar assembleias de precários que estão a organizar o Mayday e nunca lá vi o Renato, que em todo o caso fez questão de nos informar que as reuniões se fazem para preparar «uma grande jornada de luta dos trabalhadores contra o governo Sócrates».
Tenho partido do princípio que, como muitas outras pessoas, o Renato não pode vir a assembleias realizadas às 4ªs feiras à noite. Os motivos podem ser tantos e tão variados que nunca tive a pretensão de os conhecer. Trabalho, cansaço, imperiosa necessidade de estar umas horas com o/a namorado/a, ter que cuidar das crianças, fazer parte de um coro, ter treino de futebol a essa hora… Quem pode dizer, quem pode saber e o que é que isso interessa?

Renato Teixeira interroga os clássicos em busca de soluções para combater a repressão policial
Serve isto para dizer que a denúncia de uma suposta incoerência ou inoperância dos outros é uma forma política extremamente batida na sua mesquinhez. Reconhecemos facilmente um medíocre pelo rigor com que vigia os comportamentos dos outros e a frequência com que os denuncia.
E isto é tanto mais verdade quanto o Renato não deixou de vir à caixa de comentários do post aqui abaixo para escrever aquilo que realmente lhe roía na alma: “Os três ou quatro que conheço não apareceram e isso parece-me algo de assinalar quando em causa estão aqueles que se julgam os arautos da luta anti-autoritária e anti-repressiva.”
Bem claro e preciso, para que até esta jovem caricatura de esquerdista consiga compreender – ninguém aqui se julga arauto do que quer que seja, nem pensa que sejam necessários arautos para lutar contra a repressão e a autoridade. Esta forma de colocar as questões é tão reveladora que bastaria para ilustrar o horizonte político de quem escreve: estamos perante um flagrante caso de vocação para educador da classe operária ou pastor protestante (as duas coisas não são incompatíveis). Nada que umas imperiais e um pratinho de caracóis não possam resolver.

Algum pessoal do spectrum preferiu ficar no banho em vez de ir à concentração

12 thoughts on “O vácuo

  1. Rick que desculpa esfarrapada. Teve trabalho, muito bem. Aqui o educador aceita pois é uma razão aceitável. Agora a banhoca é que podia ter deixado para antes ou depois. Ai, ai, ai… qualquer dia chamo-o ao Comité Central.
    As reuniões do May Day não são para essa jornada? Eu eu que ia deixar de ir ao coro para lá passar esta quarta feira. Mas descanse, no primeiro de Maio terei tomado banho a dia 30. Lá estarei.
    Sobre a repressão policial, o Snake e o resto dos temas em discussão? Não lhe apraz dizer nada?
    “Reconhecemos facilmente um medíocre pelo rigor com que vigia os comportamentos dos outros e a frequência com que os denuncia.” Tomarei em conta esta sua frase quando tentar perceber porque sabe tanto da minha vida e porque cada vez que escreve faz questão de o sublinhar. Diz quase tudo sobre quem pode dar lições de mesquinhez.
    PS: É bonito quando se cita um comentário ter a decência de o publicar. Se puder meter uma cunha por mim ao seu colega… Mete disso não mete?

  2. Estás a navegar na maionese. O comentário está lá publicado e foi onde o fui pescar. Sobre a repressão policial, o Snake e o resto dos temas em discussão não me apetece dizer-te nada a ti, porque te acho ridículo.

  3. pá renato ! é que o teu ridiculo nem graça mete… é a 2ª vez que aqui venho hoje para me rir do teu ridiulo, e saio sem graça..
    é que há bué esquerdistas com comentários ridiculos, que vão metendo piada no seu ridiculo. no teu caso o que é mesmo triste a valer, é não teres piada nenhuma, nem sequer nas que tentas esgalhar, nada.

  4. PROPOSICAO: RENATO TEIXEIRA = BRUNO ALVES DA BLOGOSFERA…
    PROVA: o gajo anda de cabeca perdida, a espumar pela boca e da’ coices e cotoveladas assim que uma alma caridosa se aproxima.(QED)
    A serio, ninguem lhe chega um compensanzito?

  5. mal vai a blogosfera quando se usam os blogues para guerrinhas pessoais com pretextos pseudoideológicos.

  6. Toda esta discussao é muito triste, valia a pena resolver estas tricas de outra forma. Como já diziam os cowboys: “why don’t you take it outside?” (“you” inclui todos os intervenientes)

  7. “Só tenho pena de receber um pouco menos pelo meu trabalho”.
    LOL 3 vezes LOL! A inveja é muito perigosa ricardo vergonha

  8. Ter pena não é ter inveja. Há certos serviços para os quais eu não tenho vocação. Mas acho que em geral sou mal pago pelo meu trabalho e isso não me envergonha.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s