Neste Natal ofereça CDs gravados


A Associação Fonográfica Portuguesa (AFP) tem estado ultimamente activa com alguma visibilidade na “luta contra a pirataria”.
O segredo do sucesso, creio, está relacionado com a ocultação do facto de que defende os interesses das poderosas editoras discográficas já instaladas no mercado português, mascarando-o com uma suposta protecção do artista e da cultura.
Veja-se como a AFP arregimenta facilmente 3 músicos para ir na sua comitiva ter com a futura ministra da cultura, para serem fotografados e darem umas palavrinhas aos jornalistas.
Quanto recebe Rita Red Shoes por cada disco vendido? 10%? 15% no máximo. Não lucrará ela muito mais em dar concertos pelo país a pessoas que conhecem as músicas dela (e eventualmente até gostaram) porque as descarregaram na net, enviaram a uns amigos por mail ou passaram pela pen para o computador de um colega do trabalho?
Não lucrará muito mais a cultura e a sociedade se a musica gravada puder circular livremente? E é verosímil que um artista, que acredite minimamente no seu trabalho, vá deixar a música e dedicar-se aos seguros, porque o seu rendimento depende muito mais de tocar em bares e salas de espectáculo pelas cidades do que de vender discos na Fnac, onde ele só tem a ganhar uma parcela minúscula?
Triste papel o destes 3 músicos que deram a cara pelos interesses de quem os explora.

3 thoughts on “Neste Natal ofereça CDs gravados

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s