A CGD é detida a 100% pelo Estado e ainda bem


Muita gente tem-se mostrado chocada com a nomeação de Nogueira Leite para Vice-Presidente da CGD. “Jobs for the boys”, dizem.
Independentemente das capacidades profissionais e pessoais do dirigente do PSD – que “ainda não pôs os pés na CGD” e já começou a meter água, mostrando-se publicamente indignado por não ter aparecido na informação da composição da nova Administração como Vice, mas apenas como Vogal, quando, na verdade, ele ainda não é formalmente Vice-Presidente – independentemente de ser um idiota, dizia eu, a verdade é que acho que tem toda a lógica um banco como a CGD, de capitais públicos, ter figuras chave da sua administração próximas do partido do Governo.
A banca e a CGD não é uma empresa estratégica para a economia? Porque razão deve ser detida a 100% pelo Estado? Só para retirar dividendos ao final do ano? Não. Para ser um instrumento ao serviço e políticas económicas públicas de que o Governo possa lançar mão.
Achar que a composição da Administração de um banco como a CGD se deve “pautar apenas por critérios de competência técnica e não política” é ser ingénuo. Ser administrador da CGD é uma tarefa política e quando “estivermos” no Governo espero que a a Administração da CGD seja toda da máxima confiança política dos partidos do poder.

16 thoughts on “A CGD é detida a 100% pelo Estado e ainda bem

  1. Vais pra lá tu, queres ver? Tu nem te deves dar conta das tangas que escreves, pois não?

  2. Camarada, quando “vocês” estiverem no Governo “nós” vamos estar a arrombar as portas de S.Bento. Não penses mais no assunto.

  3. Rick: como as coisas estão, mais depressa se arrombam as portas de S. Bento do que o Governo nomeia o João Rodrigues para a CGD… Mas pergunto-te: Depois de arrombadas as portas de S. Bento quem é que vai tratar da CGD? Alguém com elevada competência técnica independentemente da política?
    Anónimo: Faz alguma coisa de útil com a tua vida em vez de leres “as tangas” que escrevo, idiota.

  4. Realmente, qualquer post com os pés na terra no blogue e até já parece que estamos na 5.ª dimensão.

  5. pelos variadissimas postas que vejo aqui do sabouteur ( és a minha obsessão explicarei mais à frente) este é realmente de rebolar no chão a rir.
    estes socias democratas do bloco sao os mais melosos depois obviamente que os trotskistas filhos do louçã ( se calhar nem há diferença).
    para quem acredita na transformação do que quer que seja não se pode defender um dos sistemas que ciclicamente destroiem as vidas dos assalariados ( meu deus meu marx).
    faz-me lembrar uma discussão minha com uma camarada do sabouteur a dizer que o trabalho voluntário com crianças é maléfico (palavras dela subentendidas) porque retira postos de trabalho que o estado devia pagar.
    fdx a sério entre o bloco e o pnr vemos bem as poucas diferenças… à las barricadas

  6. Quem vai tratar da CGD é nós. Saberemos dar bom uso ao auditório da culturges e à mega-cantina da João XXI. O resto – toneladas e toneladas de rectângulos de papel sem qualquer valor – podemos deixar para o João Rodrigues. Tu podes ficar com a colecção de gravatas do Nogueira Leite.

  7. Rick, 3 coisas:
    Que seja o Rick ou o PP ou alguém de confiança do Rick a tratar da CGD. O meu ponto mantém-se: Dizer que a mandar na CGD tem de estar alguém “de elevada competência” sem ser necessário observar a confiança política que se tem ou não na pessoa, fica muito bem para a comunicação social, mas é demagogia ou ingenuidade. Como se o BE ou o PCP não pensassem em colocar (e muito bem) comunistas na administração de empresas públicas…
    Quanto à desnecessidade do dinheiro numa sociedade futura, deixo-te a falar sobre esse tema com o capelarder.
    Quanto à cedência das gravatas do Nogueira Leite à minha pessoa, agradeço-te muito. Tu imaginas que o meu desejo por gravatas é muito grande. Tu e o Capelarder também podem também juntar-se para magicarem que mais coisas eu poderei desejar para além das gravatas do nogueira leite: Cartolas, casacos de peles, muitas joias e grandes carros, não é?

  8. conversas virão. modoinfantilon\o que é interessante é ,ainda, a defesa de o controlo de um banco(!!!!!) por parte de quem defende que são os bancos e o sistema financeiro os culpados pela “crise”.modoinfantiloff\ vê lá se assim percebes ou se calhar um desenho era melhor

  9. S., chill out man, o rick não se leva a sério e o capelarder não é para levar a sério.

  10. O camarada Saboteur quer usar gravata e cartola e paletó e ser milionário e ter uma casa com piscina e mordomo e tudo.
    Mas a sério, estás assim a imaginar para todo o sempre a existência do dinheiro e assim? Para todo o sempre? Mesmo?

  11. Daqui a 1000 anos já o João Rodrigues não é vivo, logo a nossa conversa não era em torno do que vai acontecer para “todo o sempre”

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s