1027 por 1

Continuando no campo de refugiados, um senhor convida-nos ao telhado de um edifício para apreciar o panorama (do muro). Mais ou menos a meio da subida da escadaria um outro senhor convida-nos para beber um chá na sua casa. Na sala de estar onde nos sentámos um jovem de 19 anos dormia. O pai, rapidamente nos põe a par da história do seu filho, certamente para se justificar de alguma forma da descortesia. Com 16 anos foi detido pelos israelitas. Na prisão, foi torturado e forçado a comer quando fazia uma greve de fome. Incapaz fisicamente e traumatizado para a vida, ele passa os seus dias deitado no sofá. A razão da sua detenção: suspeito pelas actividades dos irmãos mais velhos, dois dentre eles ainda na prisão. Numa terra onde todas as famílias são tocadas directa ou indirectamente por detenções, aprendi que não se deve perguntar porque é que elas foram detidas mas o que é que os israelitas disseram.

Anúncios

One thought on “1027 por 1

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s