Conheces?

conheces.jpg

Anúncios

3 thoughts on “Conheces?

  1. Que merda de texto mais frouxo.
    Só falta pedir, por favor, para da próxima vez bater com menos força.
    Que tal ir lançar uma pétalas de flor, como ontem?

  2. Está na hora da CGTP optar pela unidade que apregoa ou pelo sectarismo que tantas vezes pratica
    A carga policial no Chiado não pode servir para rasurar o episódio lamentável que ontem ocorreu em S. Bento. A tentativa de impedir a entrada na praça de manifestantes dos movimentos sociais e a agressão a activistas dos Precários Inflexíveis, perpetrada pelo serviço de apoio/segurança da CGTP, são factos demasiado graves para que sejam silenciados.
    Durante muito tempo (anos, décadas….) participámos em manifestações espartilhadas e controladas pela máquina da CGTP, ignorando provocações e simulando uma inexistente unidade na luta.
    Durante muito tempo (anos, décadas….) percorremos lado a lado avenidas e ruas, enchemos praças, fingindo não perceber quão indesejada era a nossa presença.
    Durante muito tempo (anos, décadas….) aceitámos palavras de ordem estafadas, participando em protestos inócuos e pré-formatados que a direita se compraz elogiar nos serões televisivos.
    Durante muito tempo (anos, décadas….) fingimos ignorar o sectarismo de alguns sectores da CGTP, calando, engolindo, achando que um dia seria diferente…
    Mas esse dia diferente, tal como ontem ficou demonstrado, teima em não chegar.
    Após a vergonhosa acção do seu serviço de apoio/segurança na manifestação de ontem, e apesar de Arménio Carlos ter já lamentado o sucedido, será conveniente que os dirigentes da CGTP demonstrem claramente se optam pela unidade que apregoam ou pelo sectarismo que há tanto tempo praticam (anos, décadas….).
    Nós sabemos de que lado estamos e quem é o inimigo. Esperamos que a CGTP também o saiba.
    Publicada por Reviralhos em Sexta-feira, Março 23, 2012 0 comentários

  3. esse pulha não teve um pai que lhe desse uns bufardos nas trombas, mas a mãe dele esteve debaixo de mim, donde nasceu este aborto!

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s