LAZARUS RISING II

O pessoal de São Lázaro escreveu nova carta à vereadora Helena Roseta, que os tinha convidado hoje para uma reunião mediante um papel deixado na porta pela PSP. São Lázaro continua a ter actividades todos com dias com a casa sempre cheia vida, é ver o blogue e acompanhar as mudanças diárias que ocorrem no espaço. Aproxima-se rapidamente o dia 16 no qual a Polícia Municipal irá despejar os ocupantes para entregar de novo o espaço ao abandono e à ruina, vale a pena passar por lá e perceber porque é que este é um dos projectos e experiências mais interessantes dos últimos anos em Lisboa.
Sem mais,LAZARUS SPEAKS!

II CARTA ABERTA A HELENA ROSETA, VEREADORA DA HABITAÇÃO DA CML.
Algumas horas após termos publicado a nossa primeira Carta Aberta chegou-nos a notificação de despejo pela mão da Polícia Municipal (PM) e PSP assinada pela Vereadora Helena Roseta. Nela é dito, de essencial, que temos dez dias úteis para abandonar o imóvel, caso contrário «a PM executará a desocupação de forma coerciva», a partir de dia 16 de Maio. A Vereadora escreve ainda, comunicando connosco através das suas forças policiais, que se disponibiliza para uma reunião no dia 10 de Maio, pelas 15h no seu gabinete.
Lamentamos que seja esta a forma mais cordial que encontrou para se dirigir a este projecto e lamentamos que pense ser possível juntar duas partes interessadas a uma mesa negocial, quando sobre a proposta e projecto de uma das partes se pendura uma espada afiada – o despejo em contra-relógio de 10 dias.
Voltamos a afirmar: Chegámos ao 94 da Rua de São Lázaro no dia 25 de Abril de 2012. Nos dias que passaram, estiveram pela casa centenas de pessoas, tivemos debates, concertos, projecções de cinema, yoga, jantares, cabarets… Houve trabalhos na casa, limparam-se as salas, rasparam-se e pintaram-se paredes, arranjou-se a canalização. Tudo isto num vaivém de gente que tanto se sentava a conversar como pegava na pá e na vassoura. O que se pode consultar demoradamente em saolazaro94.blogspot.pt.
Relembramos: Em 25 de Novembro de 2010, a Vereadora Helena Roseta despejou o mesmo 94 de São Lázaro com a justificação de ter projectos aprovados para o edifício. Não aconteceu nada mais que a lenta continuação da ruína do prédio, causadora de vários problemas para os outros ocupantes deste edifício, inquilinos da CML. Uma degradação testemunhada pelos nossos vizinhos que nos vêm congratular ao ver o prédio ganhar vida.
O levantamento do parque edificado devoluto da cidade de Lisboa, feito pelo seu pelouro, diz-nos que nesta rua há vários prédios, parcial ou totalmente devolutos, mais de uma dezena sob a tutela da CML. Onde a CML faz projectos a 10 anos, que tarde ou nunca concretiza, uma mão cheia de gente levanta um espaço coletivo, enche-o de centenas de outras mãos, num ferver que não cabe numa ‘revitalização’, ‘reabilitação’, ‘reanimação’, ou outros tantos ‘re’, que se amontoam nas páginas dos inúmeros projectos que não saem do papel. Cara Vereadora, somos habitantes da cidade de Lisboa que assistem, pensam e criticam há vários anos o modelo de revalorização a que têm sido sujeitos os bairros da cidade.
Nem todos os edifícios devolutos são propriedade da CML, nem todos os que ocupam o fazem para criar um ‘espaço cultural’. Já ninguém se surpreende com as casas vazias ou com as marcas no corpo de quem procura abrigo num qualquer prédio abandonado. Esta normalidade é apenas a fina pele de um balão prestes a explodir. Não se resolvem problemas de habitação emparedando e espancando. O direito a ser dono nunca será maior do que o direito a ter um tecto, seja para o que for. São palavras que lhe sabemos familiares, simplesmente saíram do papel e estão a tomar as ruas.
Posto isto e no que toca a São Lázaro 94, não temos mais a dizer-lhe nas condições que nos impõe. Não obstante, não querendo fechar a possibilidade de um amplo debate sobre a cidade de Lisboa, que este alegre elefante na sala veio proporcionar, convidámos três profissionais e especialistas que têm trabalhado em Lisboa – na área social e urbana – para aceitar o seu convite para dia 10 e que levarão consigo esta nova Carta Aberta.
A Assembleia da Casa de São Lázaro 94
10 de Maio de 2012

7 thoughts on “LAZARUS RISING II

  1. os belos jovens anticapitalistas contra a velhice precoce social-democrata. só haverá um vencedor.

  2. “um dos projectos e experiências mais interessantes dos últimos anos em Lisboa”
    para quê estas frases punheteiras?

  3. Digam-me uma coisa: se chegar alguém que vos queira despejar vocês saem? Digamos que vocês são 20. O que acontece se chegarem 50 indivíduos e vos expulsarem? Vão reagir? Se vocês podem estar na casa, quantos mais podem? Os que se conseguirem aguentar? Ou aquilo já é vosso? No entanto, lamento o vosso azar: como a imprensa é de esquerda, só liga aos despejos no Porto. Para a próxima votem num partido que não seja o PS se querem aparecer nas notícias.

  4. ó amigo, nem com 300 mil nos tiram de lá e passo a explicar. as vontades (ao contrário das ideias) não são despejadas, se são lazaro for despejado, surgiram novas 10 são lazaro em outros pontos, se calhar até fora da cidade. o desalojo é apenas um preocesso muito doloroso mas iremos conseguir ultrapassar isso, viva a psicoterapia por pintadas. lisboa raus!

  5. Paulo, és tu? o mitico e desaparecido Paulo? então, o que é que tens feito? nunca mais soubemos de ti pá. saudades man. olha se arranjares + 48 gajos eu vou contigo e já somos 50 para ocupar a ocupação ocupada pelos outros. é que um gajo tem de se ocupar com alguma coisa, não é?

  6. ocupar é sempre fixe. mas desenvolver empatia com um movimento que trata no seu blog o espaço ocupado por “casinha” é boé complicado. para além deste tom ingénuo flower power, onde pôs Sao Lazáro o envolvimento do bairro e da vizinha Ilga como tao bem fez a sua mae-inspiraçao da Fontinha?

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s