A « rentrée » dos Roms.

Estávamos em pleno verão quando fui contactada pela RFI em França para falar sobre os Roms… o quê ? Quoi ? Não estivesse eu em férias no meio da natureza sem internet, já teria ouvido falar da (re)perseguição dos Roms. Nada de anormal se o Partido Socialista não tivesse sido eleito três meses antes. Apanhada pela atualidade, sem por isso estar desprevenida, respondi que era a continuação de uma política de direita e mais precisamente da política de Sarkozy. Como poderia ficar desiludida com um socialismo que nunca me iludiu? Isto para não falar do “Tratado Sobre a Estabilidade”, mais conhecido por Tratado Merkozy e que reitera a lógica da austeridade, sobre o qual François Hollande fez contracampanha e que afinal (nada leva a crer no contrario) fará vite-fait uma vénia nos próximos dias (dia 19 de setembro: apresentação do projeto de lei de ratificação; dia 1/2 ou 8/9 voto do projeto de lei para o parlamento francês).

Sobre os Roms aqui fica uma petição do melhor que se pode fazer nos círculos intelectuais franceses.

2 thoughts on “A « rentrée » dos Roms.

  1. Os ciganos a quem a Mafia empresta dinheiro para ir para França, Itália, Finlândia, é que sofrem, näo têm culpa, pedem para repagar a dívida. Dizem-lhes “ai lá fora däo-te 1 € de esmola de cada vez, ao fim do mês já ganhas dinheiro”. Ai que säo enganados (tal como os portugueses com o crédito fácil dos bancos). Pois, mas eu também näo tenho culpa!

    O governo romeno nada faz contra a Mafia (cigana) que controla o tráfego de ciganos, aliás, até deve receber comissäo. Mas os mauzöes säo os governos que fazem a única coisa que podem para dificultar o trabalho e os rendimentos da Mafia romena: cumprir a lei dos 90 dias de permanência. O governo da Roménia farta-se de rir na cara dos poucos que denunciam isto (como a presidente finlandesa há uns anos), e os bem-intencionados fazem o jogo desse governo corrupto, em vez de pura e simplesmente mandar os ciganos ir acampar no terreno da embaixada romena. Ou isso ou ensinar-lhes a pedir asilo nos EUA, já que a Clinton anda täo preocupada com eles. A ver se ela pöe o pilim onde tem a matraca!

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s