Exclusivo Spectrum: O manifesto da manif de desagravo aos organizadores do qslt

 

fightback_odds

 

É tal o desagravo, é tal a quantidade de raiva que trespassa por alguns dos organizadores da Manifestação de dia 2 de Março que isto não pode ficar assim.
 

Novamente mascarados de pessoas, alguns elementos do spectrum passaram pela rede fina que controla as entradas nas reuniões de chá e roubamos sem despudor o manifesto para a próxima manifestação. Não deixaremos que vos crucifiquem, não deixaremos que se armem em heróis. Estaremos convosco nesta luta, serão vingados! As vossas lágrimas não caíram em vão. Mesmo boicotados estamos solidários, mesmo que se interponham machados os tubérculos estarão convosco. Nós já esquecemos as vossas afrontas, perdoai as nossas jocosidades.

 
Pelo menos até ao próximo golpe de alterne congressista ou até à próxima convenção de academias de formatação de cidadãos.
Segue o vosso (e nxssx) manifesto. Lutemos! Ninguém desiste!

2m_NOMESqslt

Traz a tua pedra também! Calhaus são resistência!

 É preciso unir fundas, juntar calhaus, enfiar as balaclavas. Vamos fazer algo de revolucionário.

Que se lixem as calçadas! Queremos os nossos lambris! Dia 2 de Fevereiro, vamos juntos e juntas construir um verdadeiro cromeleque na escadaria de S. Bento.

Durante anos, fizeram de nós carneiros mansos, unidos em manifestações moles e inconsequentes.

Queremos dar umx novx vidx axs protestxs em Portugal. A política inflexível deste governo mais troikista que a troika exige uma revolta corajosa de todos aqueles e de todas aquelas que acreditam que um novo rumo para este país não se constrói com abracinhos concertados.

Vamos para a frente com o poder popular! No teu bairro, na tua freguesia, no teu local de trabalho, organiza-te em academias de cidadania revoltosa. Todos e todas podemos partilhar experiências químicas, trocar conhecimentos, enriquecer a nossa luta.

Esta é uma iniciativa de pessoas radicais, unidas pela vontade de criar alternativas democráticas à morna Europa em que vivemos. Acreditamos que apenas uma verdadeira chuva de calhaus poderá dar a resposta adequada aos problemas dos povos austerizados por memorandos ao serviço dos interesses dos grandes grupos financeiros.

Apelamos, assim, a um apedrejamento geral popular e internacional!

 Mas não batam nos polícias; há muitos ministros para bater!

 Um povo não é livre à bastonada,

Não se conquista a liberdade com papoilas.

À força do calhau é que tu tomas

As praças e as ruas que são tuas!

 Radicais nos querem, perigosos nos terão!

 Contra os bastões, apedrejar, apedrejar!

 

8 thoughts on “Exclusivo Spectrum: O manifesto da manif de desagravo aos organizadores do qslt

  1. Apenas queria acrescentar que uma vez que seja lançada a ordem devem romper a cintura dos inimigos, cortar as suas gargantas e mostrar-lhes deste modo o que é uma guerra de verdade.

  2. ” Vamos fazer algo de revolucionario.” Muito bem, muito radical… Embora nao passem de
    palavras. Gostaria de ver o que vais fazer… Ah, ja sei vais construir um cromeleque em frente
    ao parlamento. Sera para os turistas? Queres contribuir com uma ajuda para ver se a situaçao economica vai para a frente? “Durante anos fizeram de nos carneiros mansos…” fizeram de ti e
    dos teus amigos que andaram a dormir a vida toda, ou julgas que o governo so agora é que é
    mau? Sempre houve opressao, domesticaçao, alienaçao, relaçoes de dominaçao… Agora que
    é mais que obvio, surgem todos estes “revolucionarios” a dar dicas… quero ver o que vais construir. Governo, troika, governo, austeridade, governo, troika, divida, governo, que basico ou será que consegues ver um pouco mais além desta neblina? Poder popular? Humm…
    Deves tar a pensar que tas no mesmo barco que os demais populares, quero ver-te a juntar
    esse poder popular… Ahahahahahaha! Talvez os faxos te deem uma mao.
    “Criar alternativas democraticas a morna europa…” A democracia é que vai salvar isto nao é?
    Espera, mas nos vivemos numa democracia… Muito original, até tenho a sensaçao que
    estiveste a pensar nesta “soluçao” como se nao houvesse amanha. Ja alguma vez pensas-te em algo de diferente?
    Bom ja agora gostava de perceber essa do ” Mas nao batam nos policias…”. Se nao batermos
    nos policias e batemos so nos ministros julgas que se resolve?!!!? Espera ate teres um verdadeiro encontro com a bofia e ja vais reformular essa tua frase. Olha, podia escrever mais
    umas quantas paginas, no entanto tu nem sequer deves pensar nisto a serio, por isso vou ficar por aqui. A ver esse teu apedrejamento. Que faças muitas “revoluçoes”.

  3. Pensa-te bem, Poke! Tu pensa-te bem nessa cena.
    Adoro gente paternalista e analfabeta. São características que, se pensar-mos [sic] bem nisso, costumam andar juntas.
    Não consta é que nenhuma das duas tenha alguma vez resolvido o que quer que seja… curioso, curioso…

  4. O António não consegue ver sarcasmo e a ironia nem quando entra pelos olhos adentro, pois não?
    Leia lá o post como deve ser e com um sorriso na cara. Pode ser que entenda o que ele significa. E não é certamente fazer um monumento para turista ver nem atirar realmente o que quer que seja.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s