“Senta, senta, senta” – ao vivo do Brasil

senta

3 thoughts on ““Senta, senta, senta” – ao vivo do Brasil

  1. alguem que coloque isto no indymeida se puder sff que eu nao consigo por causa dos filtros e o caralho que parta.. Obrigado

    Mais um miudo assassinado pela bofia.
    Quarta feira morreu um puto de 15 anos, vitima de um avc provocado por espancamento as maos da bofia.
    Logo surgiram noticias nos mass media que havia confrontos na damaia, vandalismos, criando a tao propagada imagem racista de “pretos vandalos dos bairros”, que o ze tuga com tanto gosto engole enquanto lhe fodem a cabeca com noticias contraditorias(tivesse ele mais memoria que um peixe para analisar os varios meses de noticias e veria o enredo). Mas nao, o ze tuga, cansado do trabalho, fodido com a vida, nao esta em condicoes para pensar, assumindo assim como verdade aquilo que passa nos jornais e na tv, engolindo acriticamente e sem mastigar. Aos poucos mais informacao comecou a vir ao de cima, afinal tinha morrido um jovem do bairro e o pessoal do bairro estava revoltado com o abuso policial(algo diario, mas desta vez mais do que o “normal”).
    Rapidamente, foi criado um clima para justificar a execucao(e desviar as atencoes), afinal o jovem estava referenciado desde os 10, e tinha sido apanhado juntamente com uns amigos a roubar bebidas no valor de 270€ de um supermercado. Fica assim entao fixado o valor a partir do qual se espanca alguem ate a morte: 270 (a dividir por todos). Mas atencao que isto e so para a raia miuda, se fores gestor de um banco, um politico ou outro filho da puta qualquer ja podes roubar milhoes que ainda es agraciado com a ordem do infante da puta que pariu. Ou vais para um alto cargo pela tua “competencia”…
    Mas adiante, e porque isto ja esta em genero de divagacao, vamos passar a desconstruir os argumentos desses racistas:

    Sempre que ha uma morte as maos da bofia, que nao e mais o braco armado do Estado, e cuja existencia historica serve para separar aqueles que têm dos que nao têm, existem logo umas quantas vozes(e meios) que tentam justificar o acto, primeiro deturpando a sua condicao de pessoa, e depois criando a imagem de uma pessoa perigosa ou em vias de o ser, e que esta bem e 7 palmos abaixo da terra. Do sistema ja estamos nos habituados a tal versao, alias enquanto o sistema conseguir provocar e alimentar o sentimento de diferenca, dividindo para conquistar, nenhum abalo sera feito. O mais preocupante e quando as pessoas que se encontram na mesma condicao de servidao daqueles que estao a sofrer/sofreram reproduzem de livre e espontanea vontade os factos consumidos a olhar para a TV. E assim se formata a opiniao publica:

    -Se nao parou numa operacao stop porque ia levar a mulher gravida ao hospital, e acabou morto e a mulher alvejada, logo os meios e comunicacao montam o cenario e nao referem esses factos, justificando a morte com a nao obediencia a policia. (Outro caso com um desfecho mais feliz: O homem ia para o Hospital com a mulher quase a ter o bebe, os bofias mandaram parar e ele disse o que se passava e logo foram os bofias a abrir caminho ate ao hospital. A diferenca entre os casos? Num era um preto de um bairro, que nao quis sair do carro porque a mulher tava a ter o bebe, o outro era branco que foi escoltado ate ao hospital. Um teve pai, o outro nao.

    – Se ia a andar de mota no sitio onde mora e nao parou, logo a bofia se acha no direito de disparar tiros para o ar, e no jornal vem que ele era um terror e um delinquente, e o ze tuga no sofa olha e pensa: “realmente quem o mandou nao parar”, nao perguntando o porque da bofia se achar acima da tal lei que ele tanto idolatra, sadicamente pois feito estupido ainda nao percebeu para o que servem as leis, essas mesmas leis que determinam que agora trabalhe mais por menos,que nao receba subsidios, que decretam a miseria e a pobreza, e que afectam a sua e a vida dos seus.

    – Um miudo de 14 anos e executado com um tiro a 15cm da cabeca, a arma plantada, versoes contraditorias dos bofias, mais pessoas alvejadas, e os mass media continuam a reproduzir a desumanizacao do ser humano, justificando a sua morte. Dizem que vai haver uma manifestacao violencia, que ha contactos por toda a Europa e que vem elementos perigosos de outros paises. E o ze tuga engole e reproduz, nao lhe interessando os factos contraditorios, os relatorios q mostram a execucao, a arma plantada, etc. Nao lhe interessa as mortes, tudo o que ve sao pretos a protestar em frente a uma esquadra, gente de cara tapada, linguas que nao percebe, nem quer perceber.
    – O snake supostamente nao para na operacao stop, e perseguido varios kilometros num lancia todo merdoso que nao chega a bater a velocidade maxima permitida pela tal lei tao amada pelos idiotas, disparam e matam. Nao encontram nada de incriminatorio, ou nao têm tempo para plantar as provas, quem sabe se fosse num recanto escuro como o caso do kuku logo iriam encontrar coisas para encher o noticiario das 8. E o ze tuga engole, nao lhe interessa muito, afinal era um preto de rastas, nada parecido com ele, desses das musicas “dos pretos”, ainda por cima mal vestido e com roupas largas, que e que interessa ao ze tuga que na cerimonia de pezar tenha aparecido um bofia a paisana gritar durante o minuto de silencio que os pretos eram uma merda e que os brancos e que eram boa raca, e que ainda bem que o preto estava morto. Isso nao interessa, nem passa na tv. Mas se por acaso tivesse havido reacao, mais do que merecida, logo a tv iria montar o cenario, dizendo que agentes tinham sido agredidos, tentanto associar a cerimonia, a familia e os amigos e solidarios com grupos marginais e vandalos, que vejam la ate batem na força da autoridade!!!
    -Se levam alguem para a esquadra, amedrontam e inocentemente deixam a janela aberta para o “suspeito” fugir, e estao ca fora com a cacadeira a espera dele, logo o ze tuga pensa: “e bem feita nao tivesse fugido da esquadra”. Esquadra esta que e palco de abusos, onde es espancado e humilhado, e as vezes te matam. Mas o ze tuga no sofa nao se preocupa, “menos um a fazer merda” pensa ele.
    -Se um jornalista, Pedro Coelho da sic, paga a uns putos para fingirem estar a simular um assalto, e passar sensacionalmente no jornal das 8, mostrando a kova da moura como um sitio de grande perigo, montando assim o cenario para que o Cele fosse morto pelos GOE com 50 e tal tiros, o ze tuga engole, afinal se passou na TV e porque e verdade.
    -Se o Tony da bela vista que foi morto com 2 tiros de cacadeira, enquanto estava a separar uma briga, o primeiro tiro com ele em pe, e o segundo quando ele estava no chao, a queima roupa, e o bofia se safou em tribunal porque disse que “nao tinha tido formacao com a arma e nao sabia que era mortal”.
    Se te entram pela casa adentro, arrastam a tua mae pelos cabelos e te espancam em frente a tua familia, nada disso e relatado, porque no bairro ninguem acredita em ti, nao interessa que 50 vizinhos teus tenham visto, a palavra de um bofia e sempre mais verdadeira da que qualquer preto( ou branco, amarelo ou whatever, desde que sejas pobre tas fodido).

    Vamos entao analisar o caso:

    O Musso foi apanhado a roubar bebidas alcoolicas de um super mercado, levaram no para a esquadra e espancaram o miudo algemado(sim porque e pratica os agentes baterem em pessoas algemadas, claro que isso nao e falado). Tambem ninguem fala porque e que existem tantas cameras nas ruas mas nenhumas dentro das esquadras, mas adiante..
    Dizem os bofias que ele nao apresentou queixa, ora parece me razoavel que alguem que foi espancado numa esquadra e que acaba de sair de la, nao va a mesma esquadra fazer queixa. Alem disso todos sabemos no que essas queixas dao, e o dinheiro que e preciso. E parece que o Musso tambem o sabia.
    Tivesse sido um jovem branco, com dinheiro e sem hipoteses de se montar uma historia tenebrosa em torno da sua pessoa, e os jornais iriam dar uma cobertura mediatica ao caso, se calhar ate passava no programa da julia, sim porque as velhas em casa choram um branco mas nao choram um preto. Dessas teem elas medo. Da mesma maneira que um tal de joao nabais iria assegurar o seu bruto salario conseguindo uma sentenca exemplar para fazer a tal “justica”.
    Tambem circula a versao que ele estaria a fugir de uma rusga:
    La dirao os moralistas que nao se tem que fugir a uma rusga, se a bofia esta a fazer e porque e necessario e bla bla bla. O que estes moralistas nao sabem e como e que se faz uma rusga no bairro, e como essa e diferente das rusgas de onde ele mora. No bairro a primeira coisa que apanhas e com a cabeca contra a parede(nos dias de sorte) um murro na boca nos dias de azar, pontape nas pernas ao ponto de quase abrires as virilhas, ou entao todos deitados no chao. Se levantares a cabeca para olhar a cara dos porcos que te humilham, conheces logo o Sr Porco 45 biqueira larga. Apalpam te os colhoes como a tua namorada nunca apalpou, revistam te o cu, e depois de nao encontrarem nada mandam te bazar dali, so porque sim, porque no bairro a lei que impera e a lei da violencia do Estado, a unica legalizada e para a qual existe sempre desculpa e justificacao para tudo.

    O ze tuga assiste a tudo impavido e sereno e vai papando, mas alguns comecam a acordar.. Vao as manifs e tudo o que vem e a bofia a proteger os politicos, o Estado e a miseria. Os bofias sao aumentados, (citando um estupor qualquer do governo: “nao podemos pedir aos policias que batam em manifestantes que estao na mesma situacao que eles”), e o ze tuga sempre na merda.. antes aumentava salario e agora a unica coisa que aumenta e o desemprego e o custo de vida. Antes tinha dinheiro para ir dar brinquedo ao filho e agora a fome comeca a apertar.. e tudo o que pode oferecer e um prato de sopa.. e comeca a perceber que afinal as pessoas dos bairros nao sao tao diferentes.. o que e diferente e que antes nao tinha fome, e agora tem, antes tinha casa e agora foi despejado, e comeca a ver as semelhancas, no bairro tambem destruiram casas.. E vai nas manifs e ve os pretos, ve os “vandalos de cara tapada”, a protestarem e a enfrentarem a bofia, no outro dia fez greve na carris e apareceu a bofia de intervencao, nas suas carrinhas e todo artilhados que perguntaram: “querem sair a bem ou com dores?”. A empresa fechou e agora esta na merda, e a sua visao tambem se vai alterando.. E e isso que o sistema tem medo, que as pessoas percebam que existem aqueles que mandam e aqueles que obedecem, os que tem tudo e nao tem nada. Para isso o sistema cria a classe media, uma classe com altas esperancas de se vir a tornar classe alta, nao percebendo que so uns poucos la chegam, e que para cada 1 que sobe, 100 ficam na miseria. E agora a classe media esta a desaparecer, o fosso esta a agravar, e o estado acentua o controlo e a repressao, tudo justificado pela lei, pelo terrorismo, pela seguranca, etc etc.

    No entanto o pessoal do bairro tambem contribui para o sistema. De que forma?
    Em primeiro lugar anda ai muita gente a vender gramas a propria comunidade, espalhando o veneno e nao ajudando a recuperacao da propria comunidade. Citando Dead Prez – wolves ” your drinking your own blood”. Muita dessa gente o que quer e ter guita para consumir aquilo que o sistema diz que se deve consumir para ter estatuto, nao querem alterar o proprio sistema, querem entrar dentro dele numa posicao que lhes seja vantajosa, e ajudarem a perpetua-lo.
    Depois ha os aprisionados mentais, aqueles que tal e qual um sentimento patriotico defendem o seu bairro e fazem beef com os outros bairros, nao vendo as semelhancas, mas apenas as diferencas. Criam um “nos” versus “eles”, agradando ao sistema que os gajos de bairros diferentes se andem a matar uns aos outros, enquanto isso o Estado e a bofia esfregam as maos e pensam: “olha os burros do caralho a lutarem entre si quando sao iguais”. O ensinamento do Willie Lynch – The Making of a Slave, e bem aplicado hoje em dia. Ele tambem publicou um manual de como controlar os escravos e o que ele dizia era que tinha que se realcar as diferencas, se um era mais escuro e outro mais branco, se um era baixo e outro alto, um com o nariz assim ou assado. E essa merda esta dentro da cabeca dos jovens hoje em dia, a tal ponto que se armam em bravos para dar facada num irmao que vive na mesma merda que ele, e e vitima da mesma merda, enquanto esse mesmo bravo baixa as calcas quando a bofia entra no bairro, quando matam e maltraram aqueles com quem eles viveram e cresceram.
    Uma grande armadilha é muitos habitantes serem cavalos de batalha de esquerdistas, isto e, os partidos de esquerda usam essas pessoas para fingir que sao muito representativos, que um Estado Vermelho ou um Estado de Esquerda resolveria os problemas, que a bofia seria mais justa, os tribunais serviriam para todos e tratariam todos de igual, nao haveria fome, nem gente sem casa, enfim todo um paraiso. Muita gente vai nesta cantiga, e esta sera talvez a mais dificil de combater, precisamente porque e preciso analisar a historia e as origens do Estado e o que ele representa para perceber que o Estado e a negacao do Ser livre, e que mais controlo, seja de que cor for, so significa mais repressao. Veja se a historia, veja se a agenda desses partidos, da forma como fazem as “lutas” de calendario, da forma como marcam as greves com fim determinado, como sao contra a sabotagem, as ocupacoes e a greve selvagem. Como para eles tudo se resume a luta pelo voto, ao direito de pelo voto determinar pela forca da maioria contra a minoria(seja ela qual for), um conjunto de leis e sistemas de maneira a controlar e oprimir.

    Fora mas dentro do bairro:

    As comunidades religiosas:
    Estas comunidades aproveitam se do sentimento vulneravel de alguns para os converter tipo gado manso, ensinando a “perdoar” e que “no ceu tudo se resolve”, nao dizendo que se deve lutar e exigir uma vida digna aqui na terra, e nao esperar pelo ceu abencoado, com um deus todo justo e poderoso que na sua balanca tudo equilibrara.

    As associacoes de bairro: que recebem apoios do estado, que fazem protocolos com a bofia, que mais nao servem do que para controlar a comunidade e impedir que ela tome o seu proprio caminho, o caminho determinado pela sua existencia e dos seus habitantes. Por isso e que estas associacoes em vez de destruirem a raiz do sistema, continuam a alimentar se da miseria, a contratar pessoas a recibos verdes durante decadas, e a contribuir para a continua miseria, pois so assim elas existem. De nada interessa a essas comunidades que as pessoas se organizem e tomem responsabilidade da sua propria comunidade, elas teem um programa bem elaborado pela uniao europeia ou outra qualquer merda, e tentam “integrar” os jovens, da maneira definida pelo sistema. Na verdade mais nao e do que a assimilacao dos valores e historia ocidentais.
    E claro que estas associacoes tambem teem aspectos positivos, uma biblioteca, creche, sala de informatica, refeitorio, e todo um conjunto de medidas com vista a melhorar a vida dos habitantes.. Mas se calhar podiam ser algo mais?

    Bem isto ja vai longo, mas uma ultima reflexao:
    A coisa que o sistema mais teme e que exista uniao, e so essa uniao pode fazer a diferenca. Se quando matassem um miudo do 6 de maio todos os bairros reagissem, as coisas eram diferentes, mas em vez disso cada bairro age isoladamente e e completamente cercado pela bofia. Como diz o naugthy ganja : “Si situacao era diferenti tudu bofia andava ku colete” mas la esta muita gente ouve RAP, mas nao ouve realmente, nao percebe o que esta a ouvir, nem age para que as merdas mudem.
    Ja mataram tantos tropas e muitos mais vao matar, tribunais so servem para os ricos e poderosos se safarem, a merda na tuga so vai mudar quando para cada um de nos morto, 10 bofias morram no dia seguinte, quando eles souberem que esta merda nao fica impune e que nao podem tratar o gueto como zona de guerra.Porque nesta guerra ja chega de saldo negativo. Porque o abuso tem de acabar. Porque se fizerem isso vao morrer. E se matarem os nossos filhos, os nossos irmaos, vao morrer. E se nos baterem, entrarem em nossa casa e puxarem nossa mae pelos cabelos: vao morrer. E se os filhos da puta mufinos do estado souberem isto, souberem que podem estar muito bem em casa depois de um dia de trabalho, ou no cinema com o filho, e serem abatidos como porcos que sao AI JA VAO PENSAR DUAS VEZES ANTES DE DAR PARA ESPERTOS.
    BOFIAS PORCOS ASSASSINOS voces sao a completa vergonha da humanidade, cobardes de merda, sempre do lado dos ricos e poderosos.
    Esta na hora das comunidades se organizarem, sob risco de continuarem a ser gado para abate e da violencia policial nunca mais acabar.
    Nobody can give you freedom, if you are a man YOU TAKE IT.

    PS: digo ze tuga mas podia ser ze chines ze angolano ze cabo verdiano ze espanhol.. a nacionalidade nao determina uma pessoa, nem a cor da pele.

  2. ISTO so vai mudar quando para cada um de nos morto, 10 bofias morram no dia seguinte, quando eles souberem que esta merda nao fica impune e que nao podem tratar o gueto como zona de guerra.Porque nesta guerra ja chega de saldo negativo. Porque o abuso tem de acabar. Porque se fizerem isso vao morrer. E se matarem os nossos filhos, os nossos irmaos, vao morrer. E se nos baterem, entrarem em nossa casa e puxarem nossa mae pelos cabelos: vao morrer. E se os filhos da puta mufinos do estado souberem isto, souberem que podem estar muito bem em casa depois de um dia de trabalho, ou no cinema com o filho, e serem abatidos como porcos que sao AI JA VAO PENSAR DUAS VEZES ANTES DE DAR PARA ESPERTOS.
    BOFIAS PORCOS ASSASSINOS voces sao a completa vergonha da humanidade, cobardes de merda, sempre do lado dos ricos e poderosos.

  3. Gosto deste ultimo Zé!!!

    Sobre o Brasil: A comissão promotora dos “senta senta” lá do sitio, ofereceu-se para limpar grafittis feitos por os que não se sentaram. isso passou na TV daqui do burgo…

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s