Tape loading error

É certo que a minha participação neste espaço é muito mais que intermitente. De vez em quando venho aqui deixar umas postas sem grande conteúdo e apenas porque isso me diverte mais a mim do que a quem me lê. Desta vez, porém, venho falar um pouco mais a sério.
Aqui no Spectrum não cantamos todos a uma só voz. Desde sempre. Uns são alinhados partidariamente, outros desalinhados partidária e politicamente. Mas a nossa «origem» tem um tronco comum. E é o que nos vai valendo.
Em relação à tão propalada contra-manifestação de sábado, já manifestei, junto de alguns dos seus promotores a minha discordância. Estou convicto de que isto só servirá para dar maior espaço na comunicação social aos meninos e meninas de «boas famílias», bem como aos fascistas do PNR que os acompanham. Disseram-me que são esperados milhares de manifestantes, vindos de todo o país. Pois que venham. É um direito que lhes assiste. Um direito que, por aqui, todos e todas defendemos. Há, a meu ver, outras formas de combater a coisa. E não é, certamente, esta a melhor.
Sendo certo que a coisa vai em frente, resta-me desejar que tudo corra bem e que cumpram os vossos objectivos. Pela minha parte, mais depressa iria contra-manifestar-me para a Fonte Luminosa!

Anúncios

No próximo 1º de Maio o alvo será outro

pedronamora.jpg
Pedro Namora abandona o PCP e candidata-se à Câmara Municipal de Setúbal pelo… PPM!
Acho deliciosamente irónico que, passados cerca de 10 anos, isto esteja a acontecer. Quem, como alguns dos que aqui escrevem, se lembra dele nos plenários do Sector Intelectual, com aquele olhar raivoso, a gritar impropérios contra os que, na sua óptica, «traíam o Partido», não pode deixar de sorrir… E o olhar embevecido daqueles camaradas, que viam nele a encarnação de todo o Estalinismo? Como se sentirão agora?
Enfim, descanse o Vital… Em 2010 o alvo poderá ser aquele que ajudou a devolver a autarquia de Setúbal ao PS (não que eu acredite mesmo nisto!).

À lei da bala ou porque continua a ser tão giro viver neste país

armas.jpg
Os deputados da nação aprovaram ontem, com o voto favorável do grupo parlamentar do PS e os votos contra do PCP, do BE e dos Verdes (PSD e PP abstiveram-se) a nova «lei das armas». Com esta nova lei, a idade mínima para uso e porte de arma baixa para os 16 anos.
Assim sendo, para votar e para conduzir (salvo algumas excepções previstas na lei) continua a ser necessário ter 18 anos. Para beber um copo e para ter armas basta ter 16. Podes, por tua conta e risco, fumar um charro. Convém, no entanto, que o faças às escondidas pois podes ter problemas se fores apanhado a fazê-lo. Mas se quiseres ter uma arma, tudo bem, desde que tenhas 16 anos e a respectiva licença.
É ou não é fantástico viver num país assim?
Adenda: Está excelente o que diz, sobre este tema, o Pedro Vieira no Arrastão!

A estupidez continua!

papa preservativo.jpg
No dia em que inicia a primeira visita ao continente africano, o papa Ratzinger declarou que a distribuição de preservativos não é a «resposta adequada» ao problema da SIDA.
Depois de, em 1992, o seu antecessor ter expressado opinião semelhante resta apenas uma dúvida: será que dentro de 500 ou 600 anos a Igreja Católica vai pedir desculpa por tanto disparate?

À semelhança do Sobral de Monte Agraço…

jardim infantil.jpg
O Spectrum também já tem um jardim infantil!
O que não tem é respostas às perguntas colocadas, na caixa de comentários desta entrada, ao Daniel Oliveira.
Como aquilo já estava a descambar, e uma das educadoras de infância já estava a olhar de lado para a malta, aqui ficam reproduzidas:
Que contacto já teve o Daniel com movimentos extra/anti-parlamentares?
Que experiências pessoais o levam a poder afirmar que 1)há poucas raparigas entre os anarquistas gregos 2)a violência é sempre transportada para dentro do movimento?
Porque é que não divulgou a manifestação da amadora no seu Blog?
E pronto. Vou ver os Morangos com Açúcar.
Portem-se bem!

Isto assim não pode ser!

prego.jpg
Alguns dos nossos leitores/comentadores já nos andam a acusar de estarmos com desvios à linha que sempre nos uniu.
Já não somos comunas da linha dura, já não somos revisas, já não somos renovas.
Agora desatamos a bater no BE por tudo e por nada.
Pá! Assim não pode ser. Vamos lá a ver se metemos ordem nisto. É urgente um toque a reunir, uma reunião daquelas em que no final «foi visto» que qualquer coisa para darmos ao blog a ideia de que somos coerentes.
Ou então não.
Hoje é domingo e ainda é cedo para eu ter saído da cama…

Aos 18 somos maiores!

maos.jpg
Acaba hoje o XVIII Congresso do PCP. Não me foi possível assistir aos primeiros seis por manifesta falta de comparência, uma vez que não era ainda nascido. Dos 12 que se lhe seguiram, tive o privilégio (sem ironia) de assistir a dois, presencialmente – o XIV, em 1992, e o XV, em 1996. Sempre na qualidade, salvo seja, de convidado. Nunca como delegado. Enquanto militante, dirigente, ou funcionário, participei na preparação de três. Junta-se aos outros dois o XVI, em 2000. O da suposta ruptura. Muita água passou, entretanto, pelas torneiras cá de casa.
Nunca como neste fim-de-semana me senti tão distante do que por lá se passava. Ao longo dos últimos dois dias visitei o site do Partido (ainda lhe chamo assim, vocês não?) duas ou três vezes. Ouvi o Jerónimo, no noticiário da hora de almoço de Sábado, dizer qualquer coisa sobre mim e muitos outros camaradas que foram afastados contra a sua vontade, referindo-se a nós como, uma vez mais, «auto-excluídos».
Li, transversalmente, confesso, as Teses preparadas para este Congresso. E li, na diagonal, os muitos comentários dos poucos blogs que vou lendo diariamente, bem como poucas notícias nos sites da comunicação social cá do burgo.
Não sei quem entrou no Comité Central. Sei de alguns que saíram. Não sei quantos operários, funcionários ou membros hereditários o constituem. Sei que o Jerónimo continua a ser Secretário Geral. Porque sim. Porque já o era antes de o ser. Como a pescada. Com sabor a metalúrgico de gabinete (estará aqui a explicação para «a tara (…) por leis e regras com nome de ligas metálicas»?) .
Sei também que a Esquerda continua, vai continuar, dividida. Mesmo com comícios no Trindade (eu estive lá) e Fóruns na Aula Magna (não sei se vou estar).
E sei que não é este o caminho.
E aposto que o Sócrates sorriu, hoje, antes de encostar o cabelo grisalho, parvamente penteado, na almofada.
E a Manuela passou um fim-de-semana sem dizer parvoíces. Já eu não posso gabar-me do mesmo feito!
Ah, e o Bloco continua a não confiar no Zé. Já não faz falta, ao que parece…
Pronto. Foi só um desabafo. Siga o baile!

E nós a vê-los passar…

citroen-2CV.half.jpg
O Reitor da Universidade de Lisboa, António Sampaio da Nóvoa, apresentou a demissão por estar em desacordo com a forma como o Ministério do Ensino Superior tem vindo a gerir as Universidades. A história já é antiga e tem mais barbas que o Barata Moura, o Karl Marx e o Pai Natal juntos. Não há dinheiro e nem a verba proveniente das propinas serve para tapar os buracos.
A contestação à política educativa do governo do Sócrates ganha outros contornos. Isto começa a fazer lembrar os últimos anos do cavaquismo. Professores na rua, estudantes na rua (e a levar porrada da polícia)… Enfim, só falta mesmo a malta da Lisnave cortar a estrada entre a Cova da Piedade e Cacilhas…

O Pacheco do costume

pp.png
Durante a madrugada de hoje a SIC foi intervalando a emissão com os clientes do costume da Quadratura do Círculo. Deu um certo jeito porque sempre permitia que a malta fosse ao WC sem perder grande merda.
Mas numa dessas interrupções, seriam duas e pouco da manhã, ainda consegui ouvir a suprema alarvidade do Pacheco Pereira a rezingar qualquer coisa contra aqueles que há oito anos vociferaram contra o facto de o presidente eleito ter menos votos populares que o derrotado. Àquela hora McCain estava ligeiramente à frente na votação popular. E o magnífico Pacheco, sempre à frente nas suas análises, aproveitou para espicaçar essa malta dizendo que queria ver se fariam o mesmo desta vez, caso McCain ganhasse em número de votos…
Agora que já se sabe que Obama tem qualquer coisa como mais 7 milhões de votos que McCain, e que, ainda por cima, é o presidente eleito com mais votos populares na história dos EUA qual será o argumento de Pacheco? Nenhum… Presumo eu! Engole em seco e recolhe à Marmeleira para retemperar as forças!
P.S.: Se alguém conseguir encontrar o vídeo dessa declaração eu agradeço.

E ninguém fala disto?

Há umas semanas atrás a FENPROF dizia que não era oportuno convocar manifestações de professores nesta altura. Vai daí, uma plataforma de professores resolveu avançar com a marcação duma manif inconveniente, para o dia 15 de Novembro.
pg15novsavaroensinomw7_254x359.jpg
Ora, ao contrário do que seria de esperar, Mário Nogueira e os seu pares resolveram dar provas da sua imensa sabedoria e da vontade em manter a união desta classe profissional… Marcando uma manif para o dia 8 de Novembro! Sim, exactamente uma semana antes.
fenprofhp.jpg
E de um momento para o outro o que não era oportuno passa a ser. Com a agravante de o ser apenas para que os «camaradas» da FENPROF não perdessem o lugar da frente na liderança das massas contestatárias.
A propósito de tudo isto, circula por aí o seguinte vídeo, que até está um mimo!

Hoje soube-me a pouco…

300px-Skinhead.gif
4 anos e 10 meses de prisão efectiva para o líder dos Hammerskins em Portugal. Será suficiente ou continuamos a alimentar o «mártir», «crente em Deus», que daqui a 2 anos sairá da prisão a debitar as mesmas merdas que debitou hoje à entrada do Tribunal de Monsanto?

No país do futebol

up.jpg
Por forma a assinalar convenientemente o Dia da Raça, os gajos lá ganharam mais um. Aos checos. O que deixa um sabor a vingança…
Alguém sabe se aconteceu mais alguma coisa neste ou noutros países durante o dia de hoje? Ouvi falar em filas intermináveis nos postos de abastecimento, mas cheguei a casa no intervalo do jogo e não havia, praticamente, trânsito…

Não há quem o meta na ordem?

clown.jpg
Que dizer sobre as recentes declarações do Bastonário Marinho Pinto? A ideia peregrina de fazer recuar uma legislação que tanto tardou a ser posta em prática é apenas mais uma das suas já costumeiras palhaçadas.
Eu avanço desde já com a proposta de descriminalizar o arremesso de tartes de natas às fuças do Marinho!

O que Sócrates promete…

cigarro.jpg
Depois da bronca do cigarro no avião, o nosso Primeiro achou que a coisa acalmava se viesse a público pedir desculpas, afirmar que desconhecia as leis que ajudou a aprovar e, a cereja no topo do bolo, prometer que deixaria de fumar.
Eu acredito.
Eu e os outros 150 mil a quem ele prometeu emprego durante a campanha!
Afinal, todos sabemos que o que Sócrates promete, Sócrates cumpre!

Ninguém leu?

ti_jeronimo_de_foice.jpg
Então o Jerónimo dá uma entrevista de seis páginas para o Diário de Notícias de domingo e a generalidade dos blogs que habitualmente leio resolve ignorar a dita?
Bom, a verdade é que, mesmo estando de férias, nem a mim deu vontade suficiente para espremer dali qualquer coisa.
Continua, no entanto, a ser peculiar a simpatia que a maioria dos jornalistas nutre pelo homem…

A democracia e a falta de ideias…

js25abr.jpg
Confesso que chego a ter pena daquela malta da JS que, ano após ano, lá aparece na Avenida, pronta para desfilar e representar os mais velhinhos do PS que nestas alturas optam por ir a banhos ou mesmo por ficar em casa.
Mas este ano os tipos foram sérios candidatos à maior gargalhada do desfile…

Terrorismo «tuga»

arafat-2002.jpg
Descobri hoje que sou um potencial terrorista… Acontece que tenho em meu poder um «lenço árabe» e se me esquecer dele num qualquer transporte público a polícia manda fechar tudo e rebenta com o dito cujo assim como com tudo o que estiver nas suas imediações. Resulta mesmo se o deixar em cima de uma mochila com «ar suspeito». Dessas não tenho… Mas a ver se passo no Martim Moniz para comprar uma!